terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

REGULAMENTO DO CONCURSO PARA A MASCOTE DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA NAZARÉ

CONCURSO PARA A MASCOTE DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA NAZARÉ


As bibliotecas escolares do Agrupamento de Escolas da Nazaré lançaram o concurso para a definição da sua mascote.

Nesta primeira fase, o concurso tem como destinatários todos os alunos do jardim de infância ao 1º ciclo e termina com a entrega dos trabalhos até ao dia 14 de março.

Serão apresentados ao júri apenas dois trabalhos por turma. 

Para mais informações, aconselha-se a consulta do regulamento (selecionar "Ler mais"), ou o contacto com os professores bibliotecários.


BIBLIOTECAS ESCOLARES DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA NAZARÉ
REGULAMENTO DO CONCURSO PARA A MASCOTE

1 – Serviço promotor
                A BE/CRE (Biblioteca Escolar / Centro de Recursos Educativos) do Agrupamento de Escolas da Nazaré, promove um concurso para apresentação de propostas para a sua mascote.
2 – Objetivo
Este concurso irá seleccionar uma proposta de figura destinada à mascote do serviço de biblioteca escolar do Agrupamento de Escolas da Nazaré. A sua imagem será utilizada na promoção de actividades e nos sítios electrónicos da BE/CRE e/ou Agrupamento, canal MEO do Agrupamento e noutros eventos do âmbito da BE/CRE.
3 – Participantes
          a)      O concurso destina-se a todos os alunos do Jardim de Infância e do 1º Ciclo do Agrupamento de Escolas da Nazaré.
          b)      Os participantes serão responsáveis pela originalidade, e poderão concorrer apenas com uma proposta.
          c)       O trabalho tem composição livre, contudo a temática deverá centrar-se na área das bibliotecas e nos ambientes cultural/social/etnográfico que caracterizam o Concelho da Nazaré.
          d)      Ao participar no concurso, os concorrentes declaram conhecer e aceitar o presente regulamento.
4 – Características das propostas
          a)      Os trabalhos apresentados a concurso deverão ser constituídos pelos seguintes elementos:
       - O suporte da candidatura é constituído por desenho com boa qualidade do esquema da mascote, a               cores e com a dimensão máxima de uma folha A4 branca com orientação vertical.
       - O trabalho deve ser realizado a lápis de carvão e/ou lápis de cor.
       - Não serão admitidos a concurso trabalhos realizados noutros tamanhos ou com recurso a                             marcadores.
       - Todas as características do desenho são da inteira responsabilidade dos concorrentes, mas                           recomenda-se uma correta utilização das cores.
       - Proposta de um nome para a mascote.
       - Uma memória descritiva, apenas para os alunos dos 3º e 4º anos, constituída por um pequeno texto          que descreva resumidamente a ideia desenvolvida no projecto e que justifique o nome proposto.
5 – Identificação das propostas
         a)      A identificação das propostas deverá ser feita através de um código constituído pela nomenclatura da turma e do número do aluno, o qual deverá constar no canto inferior direito dos suportes referidos nos pontos 4.a), incluindo na folha destinada à memória descritiva.
         b)      Os suportes referidos não deverão conter o nome ou assinatura do concorrente ou qualquer elemento que permita a identificação do seu autor.
6 – Envio das propostas
         a)    As propostas referidas no ponto 4 deverão ser objecto de selecção, no âmbito da turma, sob a responsabilidade do professor titular.
         b)      Na sequência da alínea anterior, deverão ser seleccionados dois trabalhos por turma, a entregar em mão aos professores bibliotecários, até ao dia 14 de março de 2014.
7 – Avaliação das propostas
         a)      Os trabalhos serão avaliados por um júri de 3 pessoas, constituído por um representante da direcção, um professor de EV/ET e um professor bibliotecário.
         b)      Compete ao júri a verificação da conformidade das propostas com os requisitos do concurso, a avaliação dos trabalhos aceites e a sua seriação.
         c)       A metodologia de avaliação e seriação dos trabalhos terá em consideração os seguintes critérios: conformidade com as orientações do ponto 4; criatividade; facilidade e flexibilidade na adaptação aos objectivos definidos para a sua utilização, nomeadamente os descritos no ponto 2.
         d)      Compete ao júri excluir as propostas que não se encontrem em conformidade com o regulamento do concurso.
         e)      Caso nenhum dos trabalhos apresentados preencha os requisitos mínimos de qualidade e usabilidade, a BE/CRE poderá não adotar o trabalho vencedor como sua mascote. 
         f)       Das decisões do júri não haverá recurso nem reclamação.
8 – Critérios de avaliação da mascote
         a)      A adequação à função pretendida 25%;
         b)      Criatividade 25%;
         c)       Plasticidade da figura/objecto 25%;
         d)      Originalidade e adequabilidade do nome 25%
9 – Prémios
Serão atribuídos prémios e diplomas aos 3 primeiros classificados.
10 – Direitos de propriedade
          a)      Ao participar no concurso os concorrentes declaram ceder à BE/CRE os direitos de propriedade dos trabalhos seleccionados.
          b)      Ao trabalho vencedor, caso seja adoptado como mascote, será dado o uso que a BE/CRE entender conveniente.
11 – Publicação de resultados
          a)       Os resultados do concurso serão publicados na Semana da Leitura.
          b)      Todas as propostas aceites a concurso serão expostas na biblioteca da Escola Amadeu Gaudêncio durante a Semana da Leitura.
12 – Disposições finais
Todas as dúvidas, omissões ou reclamações resultantes da aplicação deste regulamento serão esclarecidas e resolvidas pela equipa da BE/CRE.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.